7.24.2009

Os dois amigos e o urso.


Iam os dois homens pela estrada
quando um Urso os atacou.
Enquanto um deles caiu,
o outro, em desabalada
fuga, numa árvore subiu.
O que ficou se fingiu
de morto. O Urso cheirou,
mexeu, virou, revirou,
finalmente desistiu.

Depois que o Urso sumiu,
o outro, de volta, rindo,
ao amigo perguntou:
- Quando fuçou teu ouvido,
o que o Urso falou?

- Que nas horas de perigo,
se conhece o falso amigo.

"Os dois amigos e o urso."
Poema retirado de La Fontaine - Fábulas.
Tradução de Ferreira Gullar.
Rio de Janeiro, Editora Revan.

2 comentários:

Anônimo disse...

estou transformando esse texto em verso em um texto em prosa, foi meu dever de Língua Portuguesa (:

Yasmin ama sophia abrahão e micael borges disse...

Isso caiu na minha prova duas vezes :3

Pesquisar este blog

Carregando...